Clipping Sicoob


09/05/2017

As cooperativas são o modelo empresarial do futuro

Portal do Cooperativismo de Crédito
As cooperativas são o modelo empresarial do futuro

A economia é atualmente regida pelos parâmetros dos mercados globais com um alto grau de competitividade e atuando em diferentes modelos de negócios. Neste contexto, o economista Joseph Stiglitz, prêmio Nobel de Economia 2001, disse: “As cooperativas são o modelo que pode atender melhor os riscos de uma economia que é cada vez mais volátil”.

 

Assim, durante o seu discurso na Terceira Cúpula das Cooperativas em Quebec (Canadá), ele disse que na próxima década as cooperativas serão a única alternativa ao atual modelo econômico baseado em egoísmo e desigualdade social no campo da globalização e economia de livre mercado.


Joseph referiu-se as políticas econômicas dos Estados Unidos, observando que “as medidas que foram tomadas não só aumentaram a desigualdade, mas também causaram uma desaceleração do crescimento, com mais instabilidade e deterioração do desempenho econômico”.

 

Como exemplo de que a economia social baseada na solidariedade e na cooperação é o modelo mais adequado para o futuro, Stiglitz falou das universidades ‘sem fins lucrativos’, considerando-os como “instituições de ensino de nível superior mais competente dos EUA” em oposição àqueles que buscam apenas o ganho econômico.

 

Outro dos discursos mais importantes da Cúpula foi o economista Jeremy Rifkin, que disse que as cooperativas devem seguir um desenvolvimento horizontal, porque o crescimento da economia mundial vai desacelerar ao longo dos próximos 20 anos.

 

Rifkin pediu para que as cooperativas explorem o potencial oferecido pela Internet e a chamada ‘sociedade de custo zero’, com a interação de diferentes dispositivos e aplicativos virtuais, alimentado novas energias sustentáveis, como solar.

 

Ele ressaltou ainda o papel vital das novas gerações na economia mundial, uma vez que “a sua consciência está mudando quanto a liberdade, poder e comunidade colaborativa.

<< Voltar para Imprensa